...

Demência

Cada dia novos estudos científicos identificam genes que aumentam o risco para doença de Alzheimer. Mas quando realmente precisamos nos preocupar?

Cada dia novos estudos científicos identificam genes que aumentam o risco para doença de
Alzheimer. Mas quando realmente precisamos nos preocupar?
Pacientes com sintomas de déficit cognitivo precoce, ou seja, antes dos 55 anos e com um
familiar ou mais com doença de Alzheimer diagnosticada podem se beneficiar do
rastreamento genético.
Quanto maior for a idade de início da doença, mesmo que exista mais de um familiar afetado,
menor será a chance de ser uma doença familiar. A chance de haver uma mutação genética
detectada é muito pequena, para aqueles com diagnóstico acima dos 65 anos.